Archive for the 'colóquio' Category

“A Cultura como Resistência” – Bento Jesus Caraça

Bento Jesus Caraça (cartaz)“A CULTURA COMO RESISTÊNCIA”
Bento de Jesus Caraça e a Universidade Popular
Conferência e Debate com Helena Neves e João Caraça

EXPOSIÇÃO
A Vida e a Obra de Bento de Jesus Caraça
ENCERRAMENTO da Exposição a 18 de Janeiro, 18h
com a actuação do Coro Lopes Graça
de 5 a 18 de Janeiro de 2015 na Padaria do Povo
Local: A Padaria do Povo
Rua Luis Derouet, 20, Campo d’Ourique
PROGRAMA

5 Janeiro – 2ª feira
20.30H Inauguração da Exposição
21.00H Conferência e Debate

Horário da Exposição
6 a 18 Janeiro
De 2ª a 6ª | Das 10h às 22h | Sábados e Domingos: Das 15h às 22h

Visitas Guiadas à Exposição
Terças, quintas e sábados às 15H
Janeiro: 6, 8, 10, 13, 15, 17

ENTRADA GRATUITA

Os católicos na luta contra a ditadura

Excelente tertúlia, no dia 22 de Fevereiro, com o tema “Os católicos na luta contra a Ditadura”. Realizou-se no Convento dos Dominicanos, por iniciativa do NAM, e contou com o apoio do Instituto S. Tomás de Aquino.

Foi um reencontro de quase duas centenas de companheiros antifascistas, comovente e animador. A mostrar-nos, e aos mais novos ali presentes, que muitos de nós _católicos e não católicos _ estivemos lado a lado na luta contra o fascismo, e que é possível continuarmos juntos nas batalhas de hoje e de amanhã. Muito bem organizada por dois activistas do NAM, José Dias (Coimbra) e Ana Pena (Lisboa), esta tertúlia contou com a presença de pessoas vindas especialmente do norte do país.

Realmente bem sucedida, na perspectiva da História: houve historiadores que saíram dali com doações documentais impressionantes…Mas continuam a faltar os jovens nestas iniciativas.

This slideshow requires JavaScript.

Homenagem aos participantes no assalto ao quartel de Beja

O Movimento Cívico Não Apaguem a Memória – NAM, vai comemorar o 50º aniversário do assalto ao quartel de Beja, uma acção revolucionária, inserida num plano para o derrubamento do regime fascista, ocorrida em 1 de Janeiro de 1962.
Realizar-se-á uma sessão aberta ao público, na Biblioteca Museu da República e da Resistência, na Rua Alberto de Sousa, nº 10 A – Zona B, do Rêgo, com início às 15h horas, do dia 14 de Janeiro de 2012. Serão oradores a historiadora Irene Pimentel, o historiador António Louçã, e o coronel Carlos Matos Gomes e contamos com a presença de participantes naquela acção.
O NAM pretende, assim, homenagear todos os heróicos protagonistas desta acção revolucionária que consideramos um marco histórico na luta contra a ditadura do Estado Novo e manter viva a sua memória.
2011-12-28
A direcção do NAM




Associação Movimento Cívico Não Apaguem a Memória! | Rua do Sol ao Rato, 37, 3 D | 1250-261 Lisboa |